segunda-feira, 2 de março de 2015

ABRINDO A CAIXA PRETA DA PREFEITURA DE CABO FRIO - Os shows e suas contradições.

Abaixo, a lista dos shows do Réveillon 2014/2015, pagos pela prefeitura de Cabo Frio:


Vamos analisar dois casos.

SAMBÔ - Cabo Frio pagou 81% a mais que o normal.

O Grupo Sambô cobra, em média, entre 70 e 80 mil reais por show por todo o Brasil, inclusive, em cidades da nossa região. No ano passado, nosso blog já havia denunciando essa grande diferença: enquanto a apresentação do grupo custou por aqui 147.900 reais, em Búzios o custo foi de 80 mil e em Espírito Santo do Pinhal (SP), 75 mil reais. Agora, novamente o absurdo: 144.900 reais para a apresentação (relembre o caso clicando aqui), valor que representa 81% do que a média do valor cobrado.

RAÇA NEGRA - Cabo Frio pagou 98% a mais do que o normal.

Cabo Frio pagou, por duas apresentações do Raça Negra 9uma delas foi no dia 30 de dezembro de 2014), 416.097 reais, o que dá 208.048,50 reais por show, 98% a mais do que o que foi pago pela prefeitura de Imbituba (SC) menos de 20 dias depois (no dia 18 janeiro de 2015) - 105 mil reais:


ANITTA - Quase 200%. NEGUINHO DA BEIJA-FLOR - Quase 100% a mais do normal.

Some-se a esses casos os já famosos shows absurdamente pagos para os artistas Anitta e Neguinho da Beija-Flor, conforme denunciamos em primeira mão em nosso blog, antes deste "pacote" do Réveillon. Para lembrar, clique aqui e aqui.

PARA ILUSTRAR

José Robério Batista de Oliveira, Prefeito de Eunápolis, na Bahia, está sendo processado por utilizar empresas locais para intermediar a contratação de shows de grandes bandas, publicando valores muito mais altos, que saem dos cofres das prefeituras para as tais organizadoras. Nas mãos os artistas, chegariam os valores normais do show. A sobra...bem, vocês sabem. Uma parte do processo, na qual é chamada para depôr a presidente do Grupo Araketu, pode ser lido clicando aqui. A Banda Araketu, aliás, está na lista acima, de shows pagos pela prefeitura de Cabo Frio no último Réveillon.

O Tribunal de Contas do Município de Fortaleza (CE) pediu explicações ao governo local pelos valores absurdos pagos a artistas no Réveillon de 2013/2014. Um dos artistas questionados é exatamente a Banda Araketu. O TCM de lá achou um absurdo o valor de 150 mil reais pago ao grupo. Imagina se eles soubessem que, neste Réveillon, a prefeitura de Cabo Frio pagou 383.350 reais por duas apresentações, ou seja, 191.675 reais por show...

Mas é claro que isso são coisas que só acontecem no Nordeste brasileiro...certo?





DESABAFO - Violência em Cabo Frio.

CABO FRIO !!!!!
UMA CIDADE ONDE AS PESSOAS PERDERAM O DIREITO DE IR E VIR!!!!

Ontem passando por uma determinada rua da cidade, e qual não importa pois deveríamos ter segurança em todos os lugares. Bandidos armados apontaram armas para nossas cabeças querendo saber se eramos conhecidos no lugar pois se não fossemos nossa vida não valeria mas nada eu e minha familia estariamos mortos. Isso pode acontecer com cada um de vcs pois Cabo frio é uma cidade pequena onde circulamos por todos os lugares, a menos que vc chegue pelo céu onde quer. Sr Prefeito Alair Correa isso aconteceu as 20:00 horas da noite cade a segurança desta cidade????
Quanto vale a vida das pessoas????
O que vcs estão fazendo para ajudar a PM a resolver o problema desta linda cidade que hoje não passa de uma grande favela????

Silvana Stulpen, via Facebook.


#Boa
Ótimo o artigo do jornalista Alessandro Teixeira sobre a “explicação” do prefeito Alair Corrêa acerca das Privadas de Ouro dos Quiosques e seus mais de 640 mil reais de gastos. Para conferir, clique aqui.

#Sinal
Quando portariados governistas começam a tirar fotos com candidatos da oposição e postá-las sem medo nas redes sociais, vemos sinais de que as coisas estão mudando. E que o governo está sucumbindo.

#Ótimo
A 31ª edição do Santo Samba, mais uma vez, foi um show de público e qualidade musical. Uma pena a prefeitura de Cabo Frio não ver isso e ter retirado o apoio estrutural ao projeto.

#Voltando
Mas amigos do projeto estão se articulando para que o evento retorne à Praça São Benedito. Estamos na torcida.

#Pagando
O deputado Eduardo Cunha (PMDB) está pagando a dívida por ter sido eleito para a presidência da Câmara Federal: liberou auxílio de viagens aéreas para esposas de parlamentares.

#Arraial
Com a saída de Chico da Ecatur do páreo, o já complicado quadro político eleitoral cabista fica mais aberto ainda. Justino, presidente do Porto do Forno, quer ser o nome de Andinho para a sucessão. Mas tem mais gente de olho.

#Arraial II
Do lado da oposição, Renatinho Vianna e o vereador Serginho devem fazer uma dobradinha, sendo este vice daquele. No PDT, o nome que se fala é o de José Bonifácio, enquanto o PT quer lançar o vice Reginaldo Leite.

#Arraial III
O Programa CQC foi ao município cabista nesta semana apurar denúncias de poluição. O governante recebeu a equipe mas ficou meio sem jeito. A maré não está boa.

#Finalmente
Depois de postarmos as supostas fotos dos kits escolares da prefeitura jogados num depósito no Parque Burle, o governo resolveu entregá-los aos alunos da Rede Municipal. O material foi pago em maio do ano passado, com gastos que superam um milhão de reais, pagos a uma empresa investigada por fraude em contrato com a prefeitura de Maricá. Relembre o caso clicando aqui.

#Feia
A coisa está feia para André Granado em Búzios. Agora estão organizando um Projeto de Lei de Iniciativa Popular para tirá-lo do poder. São necessárias mais de mil assinaturas. Que coisa.

#Propaganda
Pela propaganda, parece que a Educação de Cabo Frio vai muito bem, obrigado. É verdade? Não.

#Propaganda II
Bem que a prefeitura poderia fazer uma filmagem dessa lá na Escola Municipal Tânia Ávila: virou o ano e nada das prometidas reformas de salas, carteiras, portas e mesas. Duvido ir para a TV.

#Descontrolado
O prefeito Alair Corrêa, quando vai às redes sociais, mostra sempre seu destempero e descontrole com as palavras. Coerente com suas atitudes enquanto governante, igualmente pouco dignas.

#Rotatória
Falando nisso, o prefeito brigou tanto pela rotatória na Praia do Siqueira e agora bagunçou totalmente a via, que está com blocos de concreto e pneus espalhados e um retorno desorganizado.

#Rotatória II
Para quem não se lembre, nosso blog denunciou a obra irregular no local ao DER-RJ e conseguiu o embargo da mesma. Clique aqui e recorde.

domingo, 1 de março de 2015

DEU NA REVISTA CIDADE - Tribunal de Justiça acata Agravo de Instrumento do MPE e mantém liminar que suspende obras do Costa Peró.

A Revista Cidade divulgou em primeira mão uma nova movimentação judicial na polêmica sobre as construções no Campo de Dunas do Peró. O Tribunal de Justiça acatou o Agravo de Instrumento movido pelo Ministério Público Estadual. Com isso, as obras voltam a ser suspensas. 
Maiores informações clicando aqui.

Cabofrienses fazem protesto bem humorado ao escândalo das Privadas de Ouro.

O Escândalo das Privadas de Ouro, denunciado em primeira mão pelo nosso blog, e que acabou virando matéria da TV Record em rede nacional, é mesmo o assunto do momento nas ruas. Cidadãos bem humorados resolveram protestar contra o caso de forma inusitada na Praça Porto Rocha ontem. Vale tudo. Só não vale cair no esquecimento.


sábado, 28 de fevereiro de 2015

Hoje tem Santo Samba.

Com a participação especial do cantor Alfredo Del Penho, acontece hoje, no Clube Costa Azul, mais uma edição do Santo Samba. 

A partir das 17h, a trigésima primeira edição do evento mensal prestigia mais um mestre do samba, que se destacou ainda com sua participação em famosos musicais.

Os ingressos podem ser comprados por 20 reais na entrada do evento. O Clube Costa Azul fica na descida da Ponte Feliciano Sodré, no bairro da Gamboa.

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

As MIGALHAS de hoje.


#Coquetel
Aconteceria ontem, no Teatro Municipal, um coquetel de recepção dos novos diretores das escolas municipais de Cabo Frio. Não aconteceu.

#Coquetel II
O papo é que a Secretaria de Educação só poderia pagar ao prestador de serviço do buffet do evento 60 dias depois. Como gato escaldado tem medo de água fria e muita gente já ficou sem receber da prefeitura, ninguém topou a empreitada e o evento foi cancelado.

#Coquetel III
Que coisa.

#Barros
O carnavalesco Paulo Barros vai comandar a Portela no carnaval 2016. Ele troca com Alexandre Louzada, que fez o desfile da azul e branco neste ano. Louzada vai para a Mocidade, agora ex de Barros.

#Ginásio
O Ginásio Poliesportivo do Jardim Esperança está entregue às traças. O local tem sido disputado por traficantes e muitos funcionários não têm ido trabalhar por medo das ameaças. Os meliantes rondam a área 24 horas por dia.

#Ginásio II
A fiação elétrica dos vestiários e do escritório foi roubada. Não há mais luz nos locais. E, pasmem: segundo denúncias, haveria um casal com bebê "morando" no vestiário - isso mesmo. Não haverá o Projeto Crescendo com o Esporte lá neste ano por absoluta falta de condições e segurança. Lamentável.

#Rua
Falando em cavalos soltos pela cidade e moradores de rua ocupando as vias, é interessante como o grupo político atualmente no governo criticava José Bonifácio por esse tipo de situação, mas agora permite a proliferação dos dois "fenômenos" à vontade na cidade. O coreto da Praça Porto Rocha e a Praça da Cidadania viraram flats de famílias, enquanto os bichanos equestres estão na Estrada do Guriri e no centro do Jardim Esperança pastando à vontade. Digno, não?

#Silêncio
Passar as sessões da Câmara Municipal de Cabo Frio para a parte da manhã não tem a ver com corte de gastos. Tem a ver com afastar o povo da participação nos trabalhos do Legislativo. O próximo passo pode ser suspender a transmissão das sessões pela TV. A câmara, que já é silenciosa, ficaria então invisível. Será?

#Gastos
Já que é para cortar gastos mesmo, o Poder Legislativo poderia dar férias coletivas por tempo indeterminado aos vereadores. Não faria falta. Pronto, falei.

#Papo
O deputado Janio Mendes (PDT) esteve ontem com o vereador buziano Gugu de Nair (PSL). Na pauta, reivindicações para o balneário e, claro, conversas sobre as eleições de 2016. Horas antes, o pedetista esteve reunido com o governador Pezão.

#Janio
Aliás, agradecemos ao deputado Janio Mendes pela nota de apoio à nossa postura frente ao blog, postada ontem em sua página na rede social Facebook (clique aqui para ler). Palavras de incentivo são sempre essenciais para seguirmos firmes na luta.

#Velas
Por falar nisso, o deputado estadual do PDT completa mais um ano de vida hoje, mesma data natalícia do deputado federal Marquinho Mendes (PMDB). Parabéns.

#Liminar
O prefeito de Búzios André Granado conseguiu se manter no cargo por uma liminar expedida pelo Tribunal de Justiça ontem. Corda bamba pura.

#Eleito
O prefeito de Macaé Dr. Aluízio foi eleito ontem o novo presidente da Ompetro. Ele substitui Rosinha Garotinha, prefeita de Campos. Boa sorte.



ABRINDO A CAIXA PRETA DA PREFEITURA DE CABO FRIO - Nova série começa na segunda-feira.

A reportagem da Rede Record anda causando um verdadeiro estrago no governo municipal fora das linhas de seus limites, tornando nossa cidade, infelizmente, conhecida por sua gestão problemática e sem competência por todo o Brasil.

Mas o escândalo das Privadas de Ouro é fichinha perto do que tem realmente acontecido, por debaixo dos panos, em uma boa quantidade de contratações, licitações e relações suspeitas na cidade.

A partir de segunda-feira, postaremos uma série de reportagens com o intuito de abrir de uma vez a caixa preta da prefeitura de Cabo Frio. As notícias aparecerão e o povo vai decidir, opinar e julgar. Nossa tarefa será apenas a de publicizar o que já é público.

Aguarde. Você não perde por esperar.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

EDITORIAL - O Prefeito e a culpa.


O Prefeito Alair Corrêa tem atuado, nestes dois atrapalhados anos de sua gestão municipal, de maneira organizada e padronizada - ao menos quando o assunto é encontrar culpados para seus próprios erros e para a incompetência de seu governo.

Na dificuldade de pagamentos e problemas de gastos, culpou o PCCR e os trabalhadores.

Na crise financeira, culpou os royalties.

Na dificuldade em administrar o município, culpa as administrações anteriores.

Nas suas condenações, culpa seus opositores, que divulgam as notícias.

No caso das Privadas de Ouro/BanheirodutoII, culpa a Folha dos Lagos, a TV Record e o mundo inteiro.

O mínimo que se espera de um governante é que ele seja um cidadão que assuma suas posições e responsabilidades, resolvendo seus problemas - não uma liderança frágil, nervosa e egocêntrica, que, de maneira infantil, culpe sempre o outro pelos seus próprios erros.

Prefeito, não busque no outro a sua própria culpa e a de sua equipe. Assuma-a. É mais...digno.

Bom dia!

Sobre a resposta do Prefeito Alair Corrêa à reportagem-denúncia da TV Record - O Caso das Privadas de Ouro. Confira também o vídeo da polêmica reportagem.

Conforme anunciamos, a TV Record exibiu, na última terça-feira, reportagem sobre o "Caso das Privadas de Ouro de Cabo Frio", ou "Banheiroduto II" denunciado em primeira mão pelo nosso blog (clique aqui e relembre). 

O vídeo da matéria pode ser assistido clicando aqui. Ontem à tarde, ele tinha pouco mais de mil visualizações. Hoje, pela manhã, já passa de 6.400. Certamente, será o escândalo do governo Alair Corrêa mais conhecido do país. 

Por enquanto, é claro.

Em resposta, o Prefeito Alair Corrêa postou duas vezes em sua página pessoal no Facebook (o governo esqueceu há muito tempo o que é uma nota oficial), nas quais tenta justificar o injustificável. 

Vamos analisar as respostas do governante, publicando alguns de seus trechos:

"Embora publicássemos com exatidão o número de banheiros que são 80 e não 3 como foi noticiado pela TV, fiquei perplexo. O repórter mesmo já sabendo o verdadeiro número de banheiros, repete que são 3, para espanto de toda a população que conhece bem a estrutura da Praça dos Quiosques. Infelizmente para quem mora fora de Cabo Frio vai prevalecer a informação deles, mas para quem mora aqui, sabe qual é a verdade e que passo a repetir. A empresa NOVA TAMOIOS faz a manutenção e limpeza de todos os banheiros que foram construídos para atender aos 15 quiosques da nova Orla da Praia do Forte, além dos 5 elevadores e cinco grandes banheiros com ACESSIBILIDADE."

1 - Onde estão esses 80 banheiros, prefeito? Cada mictório vale por um banheiro? Se for, tudo bem, mas isso não me parece real. Só se os outros 77 estiverem escondidos na Praça dos Quiosques. Duvido postar a foto de cada um nas redes sociais...

2 - A citada empresa Nova Tamoios foi criada, por coincidência, três meses depois do prefeito Alair Corrêa assumir o governo. Ela atende, em seu CNPJ, pelo mesmo e-mail e telefone de outra empresa: Uelitom Barretos Contabilidade. Essas "coincidências" foram denunciadas pelo nosso blog nos dias 10 e 11 de fevereiro (clique aqui para relembrar).

3 - Até onde sabemos, os 5 elevadores estão no projeto da Praça dos Quiosques mas ainda não foram feitos, isto é, não existem. Logo, os tais 5 banheiros com acessibilidade não têm acessibilidade alguma.



"No meu governo tudo é feito as claras e com a exigida transparência e não seria um mero contrato de limpeza de banheiros que poderia vir suja-lo, como desejam os adversários. Logo após a inauguração, foi feita a licitação para a manutenção da praça dos quiosques, vencida pela firma Nova Tamoio que nesses dois anos vem fazendo a manutenção geral".


1 - A empresa Nova Tamoios não pode trabalhar na manutenção dos quiosques há dois anos, simplesmente porque os mesmos possuem apenas 14 meses de inaugurados e a empresa em questão possui exatos dois anos de existência.

OUTRA: Se realmente os 80 banheiros existissem, até seria bom, pois aliviaria a promessa de campanha feita pelo próprio governante, de que construiria 40 mil banheiros para o povo. Faltariam, apenas, trinta e nove mil, novecentos e vinte...

E assim caminha a cidade, com passos para trás e indignidade.



DEU NO BLOG INICIATIVA POPULAR (BÚZIOS) - Show do Grupo Bom Gosto em Cabo Frio custou 116% a mais do que em Búzios e Arraial do Cabo.

Publicarei abaixo, na íntegra, a ótima matéria postada nesta semana pelo Blog Iniciativa Popular, de Búzios:

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Quanto custa um show do grupo de pagode Bom Gosto?


Em Arraial do Cabo (12/05/2014) : R$ 55.000,00

29/04/2014 323/2014/1 343 00148 02.011.001.04.122.0001.2054 3.3.90.39.99.0 9206 - M.F.A.G - PRODUCÃO ARTÍSTICA 004 55.000,00 REFERENTE A CONTRATAÇÃO DE EMPRESA PARA REALIZAÇÃO DE SHOW ARTÍSTICO DO GRUPO BOM GOSTO,PARA O DIA 12/05/14 ,  ALUSIVO AO ANIVERSÁRIO DA CIDADE.


Em Armação dos Búzios (12/11/2014)R$ 55.000,00

06/11/2014 000/15047/14 001028 M.F.A.G PRODUÇÃO ARTÍSTICA LTDA - ME - 9419 55.000,00 CONTRATAÇÃO DO SHOW DO GRUPO BOM GOSTO PARA A APRESENTAÇÃO NO DIA 12/11/2014 NO CAMPO DA SEB EM COMEMORAÇÃO AO 19º ANIVERSÁRIO DA CIDADE.


Em Cabo Frio (04/03/2014)R$ 119.250,00 

26/02/2014         424/2014             0             Empenho            M. F. A. G PRODUÇÕES ARTÍSTICA LTDA              3936/2014           000007                119.250,00          Importância referente a contratação de 01 (uma) apresentação musical do grupo "BOM GOSTO", acompanhado de banda no dia 04 de março de 2014 em palco em Unamar no 2º Distrito em Cabo Frio.


Meu comentário: 

O que leva um show realizado em Cabo Frio no mesmo ano custar 116% a mais do que os shows do mesmo grupo realizados em Armação dos Búzios e Arraial do Cabo? Dá pra pagar dois shows e ainda sobra uma merreca boa! Consegues explicar isso Flávio Machado? "Explica aí" Alair! Observem que a produtora é a mesma. Coisa rara de acontecer.

------------------------------------------------------------------------------

COMENTÁRIO DO BLOG: Agradecemos ao Professor Luiz pelo trabalho de investigação. O Caso Bom Gosto agora se une aos Casos Neguinho da Beija-Flor e Anitta, denunciados igualmente pelo nosso Blog (relembre clicando aqui e aqui). Um absurdo no trato do dinheiro público. O Ministério Público vai saber.

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

As MIGALHAS de hoje.


#Povo
No site SRZD, especialista em carnaval, o povo votou e escolheu a Portela como melhor escola de samba do carnaval deste ano no Grupo Especial e a Unidos de Padre Miguel como a melhor do Acesso, embora nenhuma das duas tenha vencido suas categorias.

#Saindo
O carnavalesco Paulo Barros já deixou a Mocidade após o sétimo lugar. Já se sabe que ele não volta para a Unidos da Tijuca.

#Aulas
Muita confusão na volta às aulas em Cabo Frio: escolas sem merenda e sem professores, alunos sendo mandados de volta para casa, horário reduzido. Que coisa.

#Aulas II
E muita confusão também com a questão dos contratos. A prefeitura está desobedecendo ordem judicial para acolhimentos dos concursados de 2009 nas vagas de contratos em algumas escolas e retardando o processo de convocação de alguns deles com pedidos suspeitos.

#Bloqueado
Depois de ser condenado e ficar “nervoso” comigo, o prefeito Alair Corrêa me bloqueou em seu perfil no facebook. Que tristeza.

#Deboche
Em sua página na mesma rede social, o prefeito postou fotos se preparando para o carnaval e se dizendo “preocupado” com a informação sobre sua condenação no STJ. Finalizando, disse: “chega agora, o bloco já vai sair”. O nome do Bloco era Luxúria. Tem sentido, não?

#Deboche II
A "ausência de preocupação" do prefeito Alair Corrêa  com a sentença do STJ impressionou também a colunista Berenice Seara, do jornal Extra (clique aqui para ler). A “resposta” do governante nas redes sociais foi tema de seu comentário ontem.

#Reportagem
Como anunciamos na segunda-feira (relembre aqui), a Rede Record exibiu ontem reportagem sobre o mais novo escândalo do governo de Cabo Frio: o “Banheiroduto II” ou “Caso das Privadas de Ouro”, no qual a prefeitura gastou mais de 640 mil reais com limpeza de banheiros na Praça dos Quiosques.

#Lembrando
O escândalo foi denunciado em primeira mão pelo nosso blog (relembre clicando aqui).

#Folha
Aliás, o prefeito Alair Corrêa espinafrou o Jornal Folha dos Lagos nas redes sociais, simplesmente porque o jornal noticiou que a reportagem seria veiculada. O governante acusa o diário de tramar contra ele.

#Comentário
Prefeito, ninguém precisa tramar contra o senhor. Seu governo caótico, perseguidor e atrapalhado, é sua própria trama contra si mesmo.

#Migué
No futebol, migué é quando o jogador finge contusão para não jogar. Em Cabo Frio não é diferente: a prefeitura, segundo moradores, apenas simulou ter atendido a sentença que a obriga a prestar serviços nos condomínios de Tamoios. A equipe da Comsercaf teria ido ontem ao Orla 500, tirado fotos e sumido do mapa. Será? Lamentável...

#Migué II
Funcionários das associações de moradores estariam trabalhando na área, cumprindo estes serviços, o que já foi proibido também pela juíza Sheila Draxler.

#Recurso
Os moradores têm gravações dos fatos e já peticionaram à justiça. Claro.

#Bloco
Moradores da Praia do Siqueira denunciam que o Bloco Nucep não teria saído no sábado de carnaval, conforme programado. Será? A pergunta seria então: para onde foram os 7mil reais de subvenção? Cartas para o blog.

#Cassado
As coisas não vão bem para os prefeitos da Região dos Lagos. O chefe do Poder Executivo de Búzios, André Granado, teve seu mandato cassado ontem por ordem do Juiz Marcelo Alberto Chaves Villas. Cabe recurso. Que situação...


O RETRATO DA (IN)DIGNIDADE - Cavalos se preparam para abrir conta no Bradesco.

Cabo Frio regrediu mesmo no tempo. Ontem, cavalos se preparavam para abrir suas contas na agência do Bradesco do bairro Jardim Esperança, pastando a grama em frente ao prédio. Ninguém da prefeitura está nas ruas para apreender animais soltos pela pista e perigosos para transeuntes e motoristas. O fato acontece diariamente na Estrada do Guriri e agora se ampliou para todo o Grande Jardim Esperança. Cabe lembrar que, em frente à agência, há uma via de alta rotatividades, com duas pistas em sentidos contrários (Antiga Estrada Cabo Frio-Búzios). Lamentável.




OPINIÃO - Adriano Chagas*

A ESCASSEZ DAS MENTES POLÍTICAS
Todo o processo de extração tem como fim específico a retirada de recursos de um determinado local para suprir necessidades em outro, sendo assim tal procedimento apenas assola a origem em benefício do destino. Mas se no destino não souberem utilizar de maneira acurada tais recursos, a paisagem entre origem e destino não se diferenciará. Serão apenas assolações. As duas serão ruínas, a primeira porque de maneira descuidada não se cansa em mandar; e a segunda por sua ganância desmedida acreditando que as remessas não terão fim, segue apenas usando tais recursos e sem se preocupar com a manutenção não para de gastar.
Talvez por termos sido uma reserva extrativista durante longos séculos de Portugal, ainda hoje tenhamos a ideia de que só vale retirar e que a manutenção daquilo que dá não é necessária, haverá “para sempre”. Será?
A corte portuguesa sabia bem o que era gastar sem responsabilidade, incapaz de garantir mecanismos para a continuidade do luxo e da luxúria. Porém tudo tem um preço, que mesmo lançado na conta do povo, uma hora torna-se impossível de se pagar e aí as coisas dão o que dão.
Poder-se-á verificar, sem assombro, que os acontecimentos de hoje são como os de ontem, há 300 anos, nada mudou, o descaso e a falta de cuidado continuam a fazer parte da rotina daqueles que por obrigação da posição política que ocupam deveriam garantir o contínuo fluxo desses recursos, evitando a sua escassez.
A maior escassez que hoje nos atormenta é o político comprometido com o desenvolvimento de sua cidade, seja esta cidade a que fornece ou a que recebe recursos.
Nossas cidades vêm sofrendo há muitos anos com o descaso e o despreparo das gestões políticas, que “abrilhantaram e abrilhantam” as cadeiras de nossas repartições públicas.
Não bastassem, algumas destas cidades tem sido alvo de um crescimento alucinado e desmedido, fruto da incompreensão da gestão, que, preocupada com questões individuais, acaba por abandonar ações que visam melhorar a coletividade. Esse comportamento, fruto da precariedade intelectual, que deveria aproveitar as idas além continentes para agregar valor e inovação tecnológica à sua origem acaba por não ter efeito algum, é tratada como um mero passeio solo custeado pelos impostos.
Pode ser por conta disso que a infraestrutura urbana está cada vez mais maquiada, os recursos destinados para a pavimentação, água e saneamento, que, deveriam contemplar todas as áreas de uma determinada cidade, sobretudo a periferia, local este que sempre elegeu políticos de todos os “naipes”, acaba por chegar de maneira muito tímida a esses desafortunados, evidente, ora, se tudo estiver perfeitamente em ordem nas áreas periféricas o que poderá ser prometido no próximo pleito.
Bem diferente do que acontece no Velho Continente. A pavimentação na Europa parece coisa de outro planeta. Além de abrirem o chão, deixarem plano e batido, colocam, depois de todas as conexões instaladas, uma malha entrelaçada que receberá o concreto antes do asfalto final, ou seja, sabe quando que aquele asfalto vai quebrar? Quando Deus quiser! O gestor que lá realiza tal ação não está preocupado com seu rival ou se o mesmo vai fazer ou não, o importante é que suas obras fiquem para todo o sempre, e assim quase ficam. Economizam-se recursos.
A corrupção por lá, como aqui, tem níveis, não que se justifique, mas retirar da infraestrutura de sua cidade não é o forte deles. Onde também não o é na China, por lá o político corrupto é fuzilado.
E de nada adianta, em “ato de bravura”, sendo a intenção nobre, reduzir na própria folha, pois apesar da amnésia reinar na maioria das pessoas, os anos “dourados” foram suficientes para as gestões futuras poderem reinar sem nenhum centavo a ser recolhido, haja vista que na teoria já se acumulou o suficiente.
No entanto nunca é o suficiente, a Coroa era um ralo sem fim, de lá para cá pouca coisa mudou em nosso Brasil. Aqui se acredita que os recursos não vão acabar.
O petróleo teve seu repasse reduzido, no entanto seu passado foi tão soberbo que nada justifica culpá-lo por todos os cortes que se acreditam necessários. Coisa de político sevandija, amedrontado pelo diminuto cérebro.
O melhor político é aquele que sabe cuidar da origem dos recursos, para que o futuro, no seu destino, diferente de um estado de tristeza sombria, seja um conjunto de ações continuadas que visa o completo bem estar social, para que cada vez mais possa investir em desenvolvimento, ou seja, na educação, fonte fundamental de uma nação forte, para que tais cidades possam produzir intelectuais e cientistas que ficarão na história por seus contributos, gênios, inventos e Nobéis, somente assim poderemos nos orgulhar de nossos políticos, que serão nada mais que o reflexo de uma sociedade preparada, sem desconfiança, que só anda para frente, “pois para trás, nem para pegar impulso”.
Confio e mantenho a esperança de que homens descentes vão comandar a política e já vejo modestos lampejos de tais almas. Tomara que o futuro seja mais bem iluminado do que o presente, afinal não é a toa que “somos melhores que nossos antepassados”, trata-se de evolução natural.“Espera-se, confiantemente, que esteja próximo o tempo em que o homem, por ignorância, não mais infligirá um sofrimento desnecessário sobre o homem; porque a maioria da humanidade se tornará esclarecida, e irá discernir claramente que ao agir assim inevitavelmente criará sofrimento a si própria.”(Robert Owen, 1927)
E tenho certeza que a minha cidade, Cabo Frio, fará parte dessa história vencendo a escassez das mentes políticas.
*Adriano Chagas é Historiador.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

NOTA – Resposta ao Prefeito Alair Corrêa.


O Prefeito Alair Corrêa, mais uma vez, emitiu nas redes sociais um texto cujo assunto é a minha pessoa, e que deixa claro, em seu conteúdo, o total descontrole emocional do governante, reflexo evidente e inegável de seu ineficaz e igualmente descontrolado governo.

Inábil e desacostumado ao embate democrático; desprovido de argumentos jurídicos e políticos, o dito senhor, no alto de seus cerca de 50 anos de vida pública – como ele mesmo exalta em seu escrito – mostra que o tempo, aparentemente, nada o ensinou, a não ser, a piorar. Ao contrário do vinho, que, com o passar da história, amplia a qualidade de seu sabor, o prefeito demonstra que o avanço do relógio só tornou maior suas características mais evidentes – o ódio, o furor, o rancor, a agressividade em relação aos que dele discordam.

Meu posicionamento em relação às notícias postadas em nosso blog no dia 20 último, simplesmente, foi o de repetir o que toda a imprensa regional e nacional veiculou. Os jornais “Extra”, “O Globo”, "Folha dos Lagos" e “O Dia” repercutiram, em suas páginas, o que denominaram como confirmação da decisão do Tribunal de Justiça, igualmente publicada por nosso blog, um mês antes, na qual, claramente, aparece sanção que incluía a perda dos direitos políticos, isto é, sua inelegibilidade para as eleições de 2016. Foi o que confirmamos ao publicar os prints desses jornais no dia seguinte (21 de fevereiro). Ademais, ainda que as reportagens e a decisão do Tribunal de Justiça não o dissessem, caberia lembrar que a famosa Lei da Ficha Limpa enquadraria, por si só, a condenação por improbidade como condição sine qua non para a perda de seus direitos políticos.

O prefeito Alair Corrêa, sem ter o que fazer e o que dizer para nos confrontar, faz o que já se tornou sua tradição – falta com a verdade. E o faz ao dizer que mentimos sobre o caso, como, na verdade, ele tem feito em relação às suas promessas de campanha, majoritariamente não cumpridas e impossíveis de sê-lo até o fim do mandato. Mente ao atacar nossa honra, usando termos pejorativos para falar de nossa atuação na Educação do município, levantando análises e fatos que jamais ocorreram. Usa elementos de minha vida pessoal para desviar o foco, para criar uma cortina de fumaça raivosa e infantil diante daquilo que não consegue encarar de frente: sua própria atuação decrépita, autoritária e vergonhosa à frente da gestão da nossa cidade.

O prefeito fala de “fantasmas” – e este, certamente, é o único ponto do texto no qual há uma coerência. Pois se há alguém com autoridade para falar deste tema em nossa cidade, este alguém é o nosso governante municipal. Conhecido por sua ausência constante no plenário da Alerj quando deputado, envergonhando, mais uma vez, nossa cidade, Alair só não se tornou mais conhecido por este fato do que por sua tentativa de aposentar-se como servidor de carreira do município de Cabo Frio sem jamais ter trabalhado como tal – uma aposentadoria falsa, imoral e ilegal, obtida em tempo recorde e cassada também pela justiça.

Ao que parece, o prefeito persegue servidores; achata seus salários e os humilha; os ofende publicamente com argumentos e acusações mentirosas, como fez comigo, exatamente por jamais ter conseguido, por seus próprios méritos, ser funcionário efetivo desta cidade, tendo falhado ao buscar ganhos ilícitos como se o fosse, enquanto milhares de trabalhadores sofrem até hoje na busca de suas aposentadorias, que almejam por direito. Ao não conseguir vencer com sua ilegalidade, o prefeito trabalha para que os que vivem na legalidade sejam humilhados, desonrados e atacados.

Desafio o prefeito Alair Corrêa para que confrontemos nossas fichas; nossos dois históricos; nossas duas vidas públicas; nossas duas histórias no serviço público – a que eu tenho e a que ele não tem, ou que tentou ter pelas vias da ilegalidade. Vamos falar de sua história de ausências na Alerj; vamos falar de seu processo ilegal de aposentadoria pelo Ibascaf (tenho a íntegra do processo em meu poder); vamos falar de sua extensa ficha suja processual e política. Então, veremos que seus festejados 50 anos de vida pública, confrontados com meus bem mais jovens anos de vida, apenas comprovam o que parece evidente para toda a cidade – somos diferentes, muito diferentes. Minhas mãos estão limpas, prefeito. As suas, serviram como instrumentos para tornar Cabo Frio ridicularizada por todo o país.

Ainda no que se refere ao caso em tela, cabe lembrar que o prefeito desdenhou com a Justiça, fazendo dela pouco caso, e confiando em sua lentidão como sinônimo de impunidade, atitude esta jamais esperada de um governante, que deveria zelar pelo papel do Judiciário, e não tripudiar dele.

Finalizando, gostaria de agradecer a todos os amigos e companheiros de luta que ficaram e estão ao meu lado em mais um capítulo deste filme de baixa qualidade, dirigido pelo nosso governante, que me tem como seu ator e alvo principal. Estarei adicionando ao processo que já movo, pessoalmente, contra ele na justiça, mais esta prova de sua postura danosa e ofensiva a mim. Que este novo episódio confirme e impulsione nossa luta contra a vergonhosa ditadura disfarçada implementada por este senhor em nossa cidade. Seguiremos, agora ainda mais fortalecidos, denunciando, apurando e dando evidência aos absurdos cometidos contra a população de Cabo Frio pelo atual governo. Vamos, juntos, nos encher de esperança nesta luta, porque quanto maior é o ódio dos injustos, maior será a vitória dos justos.

Cabo Frio, 23 de fevereiro de 2015

Rafael Peçanha 


#Apuração
O evento de apuração dos desfiles do carnaval de Cabo Frio, ontem, transcorreu quase sem confusões.

#Apuração II
A prefeitura errou ao não disponibilizar banheiros químicos para a apuração, nem seguranças. Com ânimos exaltados, diretores quase chegaram às vias de fato, tendo de ser contidos pelos próprios colegas. Lamentável.

#Apuração III
Após alguma confusão na narração das notas, o evento transcorreu sem mais problemas, tendo começado com quase 2 horas de atraso.

#Resultado
No Grupo de Acesso, a escola União dos Bairros, que homenageou em seu enredo o livro de nossa autoria, “O outro lado da ponte”, ficou com o terceiro lugar, com 195,2 pontos, sendo superada pelo Arrastão da Gamboa, com 197,7 pontos e pela campeão Cabeçorra, com 199,5 pontos, que, no ano que vem, desfila no Grupo Especial.

#Resultado II
Quem desce para o Acesso no ano que vem é Antiga Abissínia e a Império de Cabo Frio, respectivamente, penúltima e última colocadas. A campeão foi a Em Cima da Hora, que garantiu o tetracampeonato, deixando como vice-campeã a Flor da Passagem.

#Resultado III
Acadêmicos do Jardim Esperança; Sol a Sol; Águias da Paz e Vermelho e Branco terminaram, respectivamente, em terceiro, quarto, quinto e sexto lugares.

#Comentários
Parabenizamos as equipes campeãs do Grupo Especial e do Acesso e desejamos plena recuperação para Abissínia e Império de Cabo Frio no ano que vem. Fora discordâncias em algumas notas, consideramos o resultado tecnicamente justo com o que foi demonstrado na avenida.

#Comentários II
Para mim foi um prazer, pela primeira vez, ter trabalhado diretamente na construção de um desfile pela União dos Bairros. Agradeço e parabenizo a oportunidade construída e comandada pelo excelente trabalho do Diretor de Carnaval Leandro Corrêa, personagem diretamente responsável pelo maravilhoso processo que vivemos.

#Comentários III
Independente do resultado, considero toda a família União dos Bairros vitoriosa. Levamos amigos e companheiros de luta para se divertirem e batalharem junto conosco na Avenida, aos quais agradeço. Colocamos na Morada um carnaval alegre e bem intencionado, apesar das dificuldades internas encontradas. A experiência me foi extremante animadora, e já estamos pensando no carnaval 2016 – quem sabe, com um enredo polêmico para mexer com as estruturas do carnaval. Afinal, 2015 foi apenas um ensaio.

#Parabéns

Méritos para a direção da Em Cima da Hora, tetracampeã do carnaval de Cabo Frio. Carla, João Gomes, Lúcio, Valfredo e toda a equipe merecem nossos aplausos.